Skate cruiser: conceitos básicos que você precisa saber

| |

Não sabemos ao certo a origem do skate cruiser. Ao que tudo indica esta modalidade nasceu na década de 90, após a aparição dos primeiros skates, o sidewalk surfing.

Diferente do que esperamos de um skate street, por exemplo, o skate cruiser não surge para a execução de manobras, mas sim para simular o movimento do surf no asfalto.

Quem diria que, referenciando surf nos grandes centros urbanos, o skate cruiser se caracterizaria como uma das modalidades de skate mais praticadas do mundo, não é mesmo?! Para conferir um pouco mais sobre esta modalidade, fique ligado no post de hoje!

O que é um skate cruiser?

Não, o cruiser não é um skatinho, mas sim um long em tamanho reduzido. Eles são pequenos, baixos e leves, sendo fáceis de serem transportados. Como o próprio nome indica, o cruiser é um skate projetado para curtir um passeio.

Com rodas largas, este skate pode propiciar altas velocidades, muita adrenalina e muito vento no rosto, sendo ainda um ótimo meio de transporte. Além, é claro, de ser um skate bastante requisitado por skatistas iniciantes, sem esquecer dos profissionais aclamados.

Mini Cruiser x Cruiser

Também conhecido como Dogtown, o mini cruiser vem ganhando cada vez mais popularidade no universo do skateboarding. A fama se deve a sua compactabilidade (cabe em uma mochila) e a variedade de modelos em que é encontrado.

Enquanto o clássico cruiser conta com cerca de 40 polegadas de comprimento, o mini cruiser pode chegar a 32 polegadas, além de contar com rodas grandes que variam de 55mm a 65mm. As cores vibrantes em que podemos achar esse skate faz dele um grande atrativo, principalmente para os iniciantes.

Constituição de um cruiser: monte o seu setup

Como todo skate, o cruiser é constituído de um shape, trucks, rodas e rolamentos. Mas, dado o seu tamanho pequeno, as suas peças ganham algumas especificidades que valem a pena ser conhecidas.

Shape

O interessante do crusier é o design de seu shape, que muito lembra um peixe. Geralmente com 8 polegadas, este pequeno gigante possui o deck mais largo do que os demais skates. Seu tail é pequeno e muito característico, já o nose pode ser inexistente.

Em relação aos materiais do shape, podemos encontrar uma grande variedade. Temos cruiser em maple canadense e chinês, bambu e variados tipos de acrílicos e plásticos (não tão recomendados).

Trucks

Bem sabemos que os trucks são peças cruciais para a montagem de qualquer setup, posto que conferem ao skate maior estabilidade de movimentos, permitindo que o skatista possa controlar o skate. Os trucks do cruiser, assim como todo e qualquer truck, compõem o eixo do skate, no qual se fixa as rodas e os rolamentos.

Mas os trucks do cruiser tendem a ser mais compactos, sendo mais indicados aqueles que apresentam o mesmo tamanho do shape ou sejam um pouquinho menores, mas nunca maiores.

Rodas

Quando pensamos em rodas, temos que considerar que, embora pequeno, o cruiser demanda de uma roda mais larga e macia que pode variar entre 65 mm a 70 mm, aumentando assim a aderência dos movimentos e oportunizando o alcance de grandes velocidades.

Já os rolamentos são diversos e cruciais para o bom desempenho da rotação das rodas. Os melhores rolamentos do mercado são feitos em aço suíço sob a insígnia Bones, e agregam grande performance de velocidade.

Dicas práticas de como escolher o seu cruiser

Com a popularidade da modalidade cruiser está cada vez mais fácil encontrar skates desse tipo no mercado. No entanto, com a facilidade do acesso, aumenta também a facilidade de compra de skates cujo o material de fabricação é duvidoso e de péssima qualidade.

Para não sofrer na hora da escolha de seu skate, fique ligado nas nossas dicas:

  • Evite skates cruiser em plástico e acrílico, uma vez que eles são mais propensos a quebrar com facilidade, podendo te causar alguma lesão. E se não tiver lixa, corre para longe!
  • Os melhores shapes são feitos em madeira, seja o maple canadense, uma madeira muito resistente e durável, ou bambu, um material bastante flexível e resistente a impactos. Os de fibra de carbono também são ótimas opções.
  • Opte por rodas de alta performance e macias, afinal, são elas que propiciam melhor aderência e velocidade.
  • O peso de seu corpo será sustentado pelos trucks, independente da modalidade que você pratica. Então, lembre-se sempre de usar trucks de metal, assim eles irão garantir a sua estabilidade, bem como maior durabilidade do setup.
  • Escolha rolamentos de qualidade, pois são eles que irão assegurar a qualidade de rotação das rodas e garantir a velocidade do skate.

Agora, uma dica importantíssima para você, skatista iniciante: nada de pisar na lixa de chinelo, hein! Coloca o tênis no pé para garantir não só conforto, mas também a sua segurança. Afinal, a frenagem do skate é feita, em geral, pelo solado do seu sapato.

Pegou as dicas aí? Agora você já está por dentro do que é um cruiser e conta com informações de qualidade para adquirir o seu. E já sabe, né? Para ficar por dentro do melhor do skateboarding, não perca as nossas postagens semanais no blog.

Até a próxima.

Anterior

Como mandar ollie? A Skate dos Sonhos te ensina, confira o passo a passo

Streetwear: conheça as melhores marcas nacionais e importadas!

Próximo

Deixe um comentário