Como mandar ollie? A Skate dos Sonhos te ensina, confira o passo a passo

| |

O ollie é uma das principais manobras do street skate. É usada para saltar pelos obstáculos e até descer por escadas. Serve como base de outras importantes manobras: lip, air, grind, slide em canos e tudo o que você precisa subir no obstáculo. Apesar de levar um tempo para criar habilidade nessa manobra, o ollie é uma prática que todo skatista precisa aprender, principalmente se ele deseja evoluir no esporte.

Já imaginou que chato não subir na calçada, não descer escadas e nunca poder alcançar um corrimão com o seu skate? Assim é um mundo sem o ollie. A Skate dos Sonhos vai te ensinar a executar o ollie num passo a passo muito simples, vem com a gente!

Ollie: o que saber antes de aprender?

Comecemos com um pouquinho de história. Alan Gelfand, skater renomado, projetou o skate para fora da parede sem usar a mão e retornou para a rampa; assim a manobra foi criada e o mundo dos skatistas foi completamente mudado. Essa é a história nas pistas e rampas, mas para que ganhasse espaço nas ruas, o Rodney Mullen foi o responsável por criar o ollie versão street.

Apesar de básica, essa manobra não é nada fácil, mas você é iniciante, nada que treinos e mais treinos não resolvam. Tudo o que você vai precisar é seguir o passo a passo e se dedicar todos os dias.

 

Evite desbravar zonas de risco logo de cara, a menos que você curta um joelho ralado. Invista em equipamentos de proteção, principalmente para os treinos de rua. As quedas acabam rendendo muitos memes, mas é bom estar preparado! No mais, é prática e mais prática para chegar no sucesso! Mesmo os skaters mais experientes precisam de muito treino e aperfeiçoamento para atingir o ollie perfeito.

Aprendendo a mandar o ollie em 8 passos

Legal, agora que você conhece mais sobre o ollie, a sua origem e o quanto essa tática é importante para quem busca evolução como skatista, se liga no passo a passo que montamos logo abaixo:

1. Suba no Skate

Antes de mais nada, pegue seu skate e cheque o equipamento e sua postura em cima dele, pois se sentir seguro é um passo importante. Verifique se consegue se equilibrar, ou seja, que ele fique parado e reto, sem ficar indo para os lados da ponta do seu pé ou calcanhar, se ele tiver virando confira o ajuste dos eixos, para que fiquem bons para você, eles não podem estar muito rígidos mas também não tão moles. Agache e sinta se ele está estável, caso contrário, aperte até que os trucks proporcionem a segurança necessária.

2. Encaixe os pés

Como estão os seus pés? Deixe o pé da frente um pouco para trás do truck da frente, para isso você pode se basear pelas cabeça dos parafusos de base, deixando os pés um pouco antes deles mais para o meio do skate e o pé de trás no Tail; para um ollie bem executado a posição dos pés contam demais! Ollies bem executados e com saltos altos exigem o pé da frente posicionado um pouco mais para trás, enquanto os ollies menores e mais baixos devem ser executados com o mesmo pé posicionado mais à frente.

3. Flexione os joelhos

Flexione os joelhos e agache, faça isso consecutivas vezes de modo estático você pode utilizar um skater trainer para isso, e esse recado é sobretudo para os iniciantes. Saber como se equilibrar ao flexionar os joelhos é crucial para essa manobra e para muitas outras. Nessa manobra, os ombros devem acompanhar o mesmo alinhamento dos pés.

Ao agachar, lembre-se: distribua bem o seu peso em ambos os lados do skate! Caso contrário, a queda vem! Bom, uma hora ela chega para todos, mas enquanto pudermos evitar, faremos! Para um ollie em movimento, a técnica de treino é: dê um pulo pequeno e caia com os pés exatamente na base, ou seja, no tail e nos parafusos de base um pouco antes do nose. Algumas pessoas preferem ir por um caminho teoricamente mais fácil: o de arrastar os pés para a posição.

4. Pule para cima

Agora que você está treinando o suficiente, experimente pular para cima, primeiro sempre com o pé da frente. O ollie sempre pede um salto, e nenhum skate se levanta sozinho, né? Basicamente, um ollie é um pulo com apoio do pé traseiro. Antes de sair andando pelas ruas por aí, exercite os pulos parados até sentir mais firmeza e precisão.

5. Pise no tail

Apoie o seu peso no pé traseiro ao mesmo tempo que pula para cima, é como se você colocasse todo o peso no pé de trás para pular e o pé traseiro fizesse uma pressão, empurrando o skate para baixo. Aqui está o X da questão: é exatamente esse passo que oferece a força do salto. Sabe aquele barulho do skate batendo no chão? É nesse tópico que a mágica acontece!

Ao pular, arraste o pé dianteiro para frente, o movimento tem que ser preciso e sequencial para conseguir executar a manobra, assim, o skate irá fazer o movimento necessário para executar o ollie.

6. Joelhos flexionados

Saltou? Lembre-se de dobrar os joelhos. A altura de um ollie é determinada pela altura que os pés alcançam, portanto, para um salto alto, flexione os joelhos quando sair do chão também, pois quanto mais alto for os seus pés mais alto conseguirá executar a manobra. É bom lembrar: esse passo precisa ser no momento executado logo após arrastar o pé da frente no shape em direção ao nose.

7. Alinhe a descida

Ao descer, mantenha a pressão com os dois pés sobre o skate. Deixe a sua shape alinhada ao chão, isso quer dizer que a parte frontal deve apontar para baixo e não para cima, isso ajuda a você não cair. Ao começar a praticar o street e a saltar obstáculos mais complexos essa técnica fará o diferencial para uma descida perfeita, cheia de adrenalina e livre de quedas!

8. Aterrissagem

Faça um pouso digno de um skatista profissional, caia no chão com os dois pés ou como dizemos “caia na base”, isso é simultaneamente e o mais próximo dos eixos que você conseguir. Pés posicionados no centro podem fazer o seu shape quebrar, e se estiverem muito afastados, também. Flexione levemente os joelhos para absorver o impacto e conseguir um melhor equilíbrio, isso é indispensável para que sua aterrissagem seja precisa.

Memorize essa fórmula e treine por semanas todos os dias ou sempre que puder, seguindo esse passo a passo o ollie fica muito mais fácil. Nada que bons treinos não resolvam, você consegue!

Dicas extras da skate dos sonhos:

Somos apaixonados por skate, e fazer com que todos os skatistas amadores ou avançados se tornem feras no ollie é a nossa missão. Por isso, separamos umas dicas extras muito válidas que vão te ajudar a lançar a manobra!

  • Treine pulos com o skate parado antes de partir para o treino com o skate em movimento;
  • Aprender a sentir o posicionamento exato dos pés é crucial para essa manobra, fique atento ao posicionamento dos seus;
  • Posicione o pé traseiro na beirada da cheio no tail e erga o skate do solo com muito mais facilidade;
  • Se você aprendeu a manobra parado, naturalmente aprenderá andando, é só questão de prática;
  • Treine em território plano.

Lembre-se: uma das características do skatista é perseverar. Não desista! Treine até criar o seu próprio ollie, já pensou? Muitas manobras foram criadas ao acaso e que com muita prática você pode acabar inventando algo novo, quem sabe?!

Fique por dentro da cultura do skate com a Skate dos Sonhos, e deixa pra gente um comentário contando como foi o seu primeiro ollie, queremos muito saber!

Até a próxima!

Anterior

Principais manobras de skate para lançar no rolê

Skate cruiser: conceitos básicos que você precisa saber

Próximo

Deixe um comentário